quarta-feira, 22 de junho de 2011

Ação de Interiorização no Sul de Minas - Semana #3

Estamos nos aproximando da reta final da Ação de Interiorização do Música Minas. Essa semana estamos visitando o Vale do Aço e o Vale do Jequitinhonha, passando por Ipatinga, Teófilo Otoni e Governador Valadares.

Na próxima semana será a vez do sudeste mineiro, onde apresentaremos o painel em São João del-Rei, Barbacena, Juiz de Fora, Viçosa e Ouro Preto.

Clique aqui para ver a relação de todas as cidades com informações sobre locais e contatos.

Enquanto a Ação de Interiorização não chega na sua cidade, confiram abaixo os relatos sobre a passagem da ação na última semana pelo Sul de Minas.

Varginha

A terceira semana da Ação de Interiorização começou em Varginha, onde Lucas Mortimer, Talles Lopes e Roberta Henriques foram recebidos por Cassiano, músico e produtor da cidade. Nos encontramos com Paula Andréia, presidente da Fundação Cultural do Município de Varginha que funciona numa antiga estação de trem contruída em 1934, tombada e adquirida pela adminstração pública municipal em 2002. No mesmo prédio, encontram-se o museu, a biblioteca e o conselho do patrimônio histórico. Há exatamente um mês ocorreu a reinauguração do Teatro Municipal.
A noite o painel aconteceu no auditório do Conservatório Estadual de Música e contou com um ótimo público. Lucas apresentou o histórico do Fórum e as linhas de ação do Programa Música Minas. Logo após, Talles falou sobre a importância do associativismo no interior do novo modelo do mercado musical e como o interior é importante para criar novas demandas ao Fórum.

Os presentes tinham várias dúvidas sobre o Edital de Intercâmbio e novamente a questão da circulação de grupos grandes foi colocada com a sugestão de que se em meses nos quais todo  recurso não seja distribuído, essa diferença possa ser repassada para propostas de grupos com número maior de integrantes.

Machado

Em Machado, fomos recebidos por Platinny, representante do coletivo Machadada. Fomos apresentados à Rosa Maria, gerente da Casa de Cultura, e alguns vereadores, todos convidados para o painel. Na cidade, Makely Ka juntou-se à comitiva.
O encontro se realizou na Câmara Municipal, Platinny apresentou os presentes e Lucas iniciou o painel com a exibição do documentário Música Presente. Makely expôs o histórico do Fórum e o papel da articulação dos músicos nesse processo enfatizando bastante como a organização do setor é importante no contato com o poder público e no vigor da cena musical.

Lucas apresentou as ações do Programa e Talles enfatizou bastante a importância do interior no cenário musical do estado e da integração desses agentes ao Fórum. Os presentes tiraram algumas dúvidas de ordem prática e após o painel o bate-papo seguiu a partir da curiosidade sobre os coletivos do Fora do Eixo, a relevância da cultura negra na cidade e a trajetória de bandas importantes na região.

Poços de Caldas

A terceira cidade da terceira semana da Ação de Interiorização foi Poços de Caldas. Fomos recebidos por Pedrinho e Diego do coletivo Corrente Cultural, ponto de articulação do Fora do Eixo Minas na cidade. Eles nos levaram para um encontro com Cristiane Fernandes, diretora do Departamento de Cultura da Secretaria de Turismo e Cultura.
Alojado no Espaço Cultural da Urca, antigo Cassino da Urna tombado em 1985, o Departamento de Cultura pretende se transformar em uma fundação para a garantia de recursos para o setor. A TV Plan e TV Poços estavam presentes e cobriram o painel que foi realizado neste mesmo espaço e contou com um número muito bom de pessoas.

Makely Ka apresentou o histórico do Fórum enfatizando a sua inserção em um momento específico da história da música onde o associativismo se torna possível e necessário. Lucas Mortimer apresentou as ações do Programa Música Minas e depois foi aberto às questões dos presentes.

Pouso Alegre

Recebida por Eneida Sales, diretora de Turismo da cidade, a comitiva inicialmente conheceu o prédio da Secretaria de Cultura e Turismo, onde nos encontramos com Rafael Huhn, Secretário de Cultura. No prédio, ambos relataram sobre a cultura da cidade e região.
Posteriormente, fomos ao Conservatório Estadual Juscelino Kubistchek, onde se realizou o painel. No início, o encontro contou com poucos participantes, entretanto, a sala foi ficando cheia de alunos e professores do Conservatório no decorrer da exposição.

Ficou bastante claro que Pouso Alegre é uma cidade com bastante movimentação cultural, projetos aprovados em leis estaduais e federais, patrimônios material e imaterial preservados (inclusive o pastel de milho da cidade foi “tombado”) e conta com um mecanismo de incentivo que contempla renúncia fiscal e fundo.

Três Pontas

Na cidade de Milton Nascimento e Wagner Tiso, nos encontramos com Keyre da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Turismo da cidade. No Centro Cultural Milton Nascimento nos encontramos, ainda, com Alex que dirige o Conservatório Municipal de Música.
O painel foi realizado no Centro Cultural onde Lucas Mortimer apresentou as linhas de ação do Programa Música Minas e Makely Ka falou do histórico do Fórum da Música de Minas e da nova configuração do cenário musical.

Foi bastante lamentadas as ausências de músicos importantes da cidade que no mesmo dia estavam acompanhando Milton Nascimento em um show em São Paulo e as pessoas presentes sugeriram de que fosse feita uma nova visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário